sexta-feira, 25 de julho de 2014

Chega

Coisas acontecem para que te definas melhor como pessoa.
Eu decido ser primeiro pessoa, ser humano , revelar me como tal, e depois então ser aceite ou não pelo Mundo.
Falo demais, digo o que penso, sou intimista e as marcas ou agencias só admitem tal se for feito na penumbra, nunca em publico. Apenas queixinhas são aceites em forma de difamação.
Então, para gaudio de meia duzia de alforrecas armadas em celebridade de vão de escadas, a Marta, é posta de parte por critérios seletivos que algumas empresas impõem. E porque o layout é mau ( só presta para divulgar... parece que a marca só condena o layout na altura da cedencia de produto), e porque os produtos chegaram para 300 bloggers de topo portuguesas todas elas tão top que metade tem menos de 500 seguidores ( que mal tem? 500 ou 21000 não é a mesma coisa?), e não sobrou para a Marta.
Depois convenhamos que se no meio das ilustres desconhecidas uma se lembra de  chantagear a marca ( da qual nem faz referencia) ainda que a fedelha tenha idade p ser minha filha e esteja nos confins da popularidade real pois seja feita a sua vontade.
Escrevo tudo isto de forma a que entendam que apartir de agora estou off .
Mantenho as que tenho, pela qualidade e profissionalismo, e tambem por tudo o que sempre quiseram porporcionar aos meus seguidores.
Largo de vez o que nao me faz falta ate porque novos projetos muito maiores se aproximam e não consigo marcar golos no real madrid a apanhar bolas para o torreense. Se é q me entendem.
Todas as bloggers falam em rentabilização do seu blog.
Com os meus numeros grande parte cobra presenças, tem acesso a muita coisa.
Acontece que eu não sou inacessivel.
Sou do povo, falo com toda a gente, torno me amiga das pessoas, combino jantares, depressa passo de "guru" a amiga.
Assim sendo, prefiro simplificar a minha vida. Fazer o que acho correto e nunca por obrigação.
Mas atenção, tenho muito pouco de idiota.
Não volto a deixar passar em branco calunias nem difamações
Para a proxima garanto que com ou sem risos tratar-se-à num tribunal. Difamação é crime .
Quanto ao resto, nunca ninguem precisou de restos para ser feliz.
Não estou chateada com nada. Neste momento existem situaçoes que exigem mais de mim .
Vou tirar do blog o q sempre tirei...o melhor, a partilha com quem me lê!

6 comentários:

  1. Acho bem que ponhas um ponto final na palhaçada...já começava a ser exagero!!! tou contigo <3

    ResponderEliminar
  2. Assim mesmo, adorei o texto...tu vais dar a volta por cima, mt por cima :*

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente!
    A inveja e as birras ficam com quem e para quem as tem. Só prejudicam o bem estar da outra pessoa. Concordo com o facto de não conseguirmos ficar alheios à difamação, por outro lado temos uma posição a resguardar... E, ainda que se repetirem a cena, tenha consequências. Para que aprendam!
    O lugar de restos é no lixo. :*

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente as pessoas hoje em dia so vivem bem a prejudicar os outros!

    ResponderEliminar